Provided by: manpages-pt_20040726-4_all bug

NOME

       dircolors - configura as cores para ’ls’

SINOPSE

       dircolors  [-b]  [--sh]  [--bourne-shell] [-c] [--csh] [--c-shell] [-p]
       [--print-database] [--help] [--version] [ARQUIVO]

DESCRIÇÃO

       dircolors emite um seqüência comandos de interpretador de comando  para
       defenir a cor desejada para os comandos ls (e dir, etc.). Uso típico:
              eval ‘dircolors [OPÇÃO]... [ARQUIVO]‘

       Se ARQUIVO é especificado, dircolors o lê para determinar qual cor usar
       para os tipos de arquivos e extensões. Em outro caso, uma base de dados
       padrão  é  utilizada.   Para  detalhes  sobre  o formato deste arquivo,
       execute ’dircolors --print-database’.

       A saída é um comando do  interpretador  que  seleciona  a  variável  de
       ambiente  LS_COLORS.   Você pode especificar a sintaxe do interpretador
       de comando para se usar na linha de comando, ou dircolors irá supô-la a
       partir da variável de ambiente SHELL

       Depois  da execução deste comando, ’ls --color’ (ou qualquer alias para
       ls) irá listar os arquivos com as cores escolhidas.

OPÇÕES

       -b, --sh, --bourne-shell
              Comandos de saída do interpretador de comandos Bourne. Este é  o
              padrão  selecionado  para  a  variável  de  ambiente SHELL e não
              termina com csh ou tcsh.

       -c, --csh, --c-shell
              Comandos de saída do interpretador  de  comandos  C.  Este  é  o
              padrão se SHELL termina com csh ou tcsh.

       -p, --print-database
              Imprime  a  base  de  dados  padrão (interna) de configuração de
              cores. Esta saída é um  arquivo  de  configuração  válido,  e  é
              razoavelmente descritiva de suas possibilidades.

OPÇÕES PADRÃO GNU

       --help Imprime a mensagem de uso na saída padrão e sai.

       --version
              Imprime a versão na saída padrão e sai.

       --     Encerra a lista de opção.

AMBIENTE

       As  variáveis  SHELL  e TERM são usadas para encontrar a forma adequada
       dos comandos do interpretador.  As variáveis LANG, LC_ALL, LC_CTYPE and
       LC_MESSAGES  tem  seu  significado usual.  A variável LS_COLORS é usada
       para transferir informações para ls.

DE ACORDO COM

       A saída colorida para ls(1) é uma extensão GNU.  Esta implementação não
       é  inteiramente  compatível  com  o  pacote original dircolors/color-ls
       distribuído com o Linux Slackware. É de se notar que suporte específico
       para  os  interpretadores  de  comando  Z  e  Korn não estão presentes.
       Usuários destes interpretadores deverão usar o modo Bourne (-b).

VEJA TAMBÉM

       dir_colors(5), ls(1)

ARQUIVOS

       /etc/dir_colors
              Arquivo de configuração total do sistema do dircolors.

       ~/.dir_colors
              Arquivo de configuração para cada usuário do dircolors.

NOTAS

       Esta página descreve dircolors como é encontrado no pacote  Utilitários
       de  Arquivo  4.0;  outras versões podem ser um pouco diferentes.  Envie
       correções  e  adições  para  aeb@cwi.nl.   Relatório  de  problemas  no
       programa para fileutils-bugs@gnu.ai.mit.edu.

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000.

       André L. Fassone Canova <lonelywolf@blv.com.br> (tradução) Ricardo C.O.
       Freitas <english.quest@best-service.com> (revisão)