Provided by: manpages-pt_20040726-4_all bug

NOME

       fifo - pipe nomeado, primeiro a entrar último a sair

DESCRIÇÃO

       Um arquivos especial FIFO (um pipe nomeado) é similar a um pipe, exceto
       que ele é acessado como para do sistema  de  arquivos.   Ele  pode  ser
       aberto  por  muitos  processor  para  leitura  ou  escrita.  Quando  os
       processos estão trocando dados via o FIFO, o kernel transmite todos  os
       dados internamente sem escreve-los no sistema de arquivos. Dessa forma,
       o arquivo especial FIFO não possui conteúdos no sistema de arquivos,  a
       entrada  do  sistema  de  arquivos  meramente  serve  como  um ponto de
       referência de forma que processos podem acessar o pipe usando  um  nome
       no sistema de arquivos.

       O  kernel  mantem  exatamente um objeto pipe para cada arquivo especial
       FIFO que é aberto por pelo menos um processo.  O FIFO deve ser de ambos
       os  lado  (leitura  and  escrita)  antes que dados possam ser passados.
       Normalmente, abrindo os blocos FIFO até que o outro  termine  é  aberto
       também.

       Um processo pode abrir um FIFO num modo que não o de bloco. Neste caso,
       abertura para somente leitura terá sucesso mesmo se nenhum  tenha  sido
       aberto  no  lado  de  escrita; abrindo para somente escrita falhará com
       ENXIO  (sem  aquele  dispositivo  ou  endereço)  a  menos   que   outra
       extremidade tenha sido aberta.

       No  Linux, abrindo um FIFO para leitura e escrita terá sucesso em ambos
       modos bloco  e  o  modo  que  não  o  de  bloco.  O  POSIX  deixa  este
       comportamento  indefinido.  Ele  pode ser usado para abrir um FIFO para
       exscrita enquanto ali não estão disponíveis leituras. Um  processo  que
       usa  ambas  as  extremidades  da  conexão para comunicação com si mesmo
       deveria ser muito cautelosa para previnir congelamentos.

NOTAS

       Quando um processo testa a escrita para um FIFO  que  não  está  aberto
       para leitura no outro lado, o processo é enviado um sinal SIGPIPE

       Arquivos  especiais  FIFO  podem  ser  criados  por  mkfifo(3),  e  são
       especialmente ressaltados com ls -l.

VEJA TAMBÉM

       mkfifo(3),  mkfifo(1),  pipe(2),  socketpair(2),  open(2),   signal(2),
       sigaction(2)

TRADUZIDO POR LDP-BR em 21/08/2000.

       André  L.  Fassone  Canova  <lonelywolf@tblv.com.br>  (tradução) Carlos
       Augusto Horylka <horyka@conectiva.com.br> (revisão)