Provided by: xfce4-terminal_0.4.8-1ubuntu1_amd64 bug

NAME

       Terminal - Um emulador de Terminal para o X

SINAPSE

       Terminal [OPÇÃO...]

DESCRIçãO

       Terminal é aquilo que é conhecido como um emulador de terminal para o X, vulgarmente
       referido como terminal ou shell. Oferece o equivalente ao antigo ecrã de texto no seu
       ambiente de trabalho, mas pode facilmente partilhar o ecrã com outras aplicações gráficas.
       Utilizadores Windows podem já estar familarizados com a linha de comandos MS-DOS, que tem
       a função de oferecer uma linha de comandos em Windows, contudo a interface em linha de
       comandos UNIX oferece de longe mais poder e facilidade de uso do que o DOS.

       Terminal emula a aplicação xterm desenvolvida pelo Consórcio X. Por outro lado, a
       aplicação xterm emula o terminal DEC VT102 e também suporta as sequências de escape do DEC
       VT220. Uma sequência de escape é uma série de caracteres que iniciam com o caractere Esc.
       Terminal aceita todas as sequências que os terminais VT102 e VT220 usam para funções como
       a colocação do cursor e limpeza do ecrã.

OPçõES

   Resumo de Opções
       Aqui está um resumo de todas as opções, agrupadas por tipo. As explicações estão nas
       secções seguintes.

       Opções Gerais
           -h, --help; -V, --version; --disable-server; --default-display=mostrar;
           --default-working-directory=directório

       Janela ou Separador
           --tab; --window

       Opções de Separadores
           -x, --execute; -e, --command=comando; --working-directory=directório; -T,
           --title=título; -H, --hold

       Opções de Janelas
           --display=mostrar; --geometry=geometria; --role=regra; --startup-id=texto; -I,
           --icon=ícone; --fullscreen; --maximize; --show-menubar, --hide-menubar;
           --show-borders, --hide-borders; --show-toolbars, --hide-toolbars

   Opções Gerais
       -h, --help
           Lista as diferentes opções de linha de comandos suportadas pelo Terminal e sai

       -V, --version
           Mostra a informação de versão e sai

       --disable-server
           Não registar com o bus de mensagem de sessão D-BUS

       --default-display=mostrar
           Ecrã X a usar por omissão.

       --default-working-directory=directório
           Definir directório como directório de trabalho omisso para o terminal

   Janela ou Separador
       --tab
           Abrir um novo separador na última janela especificada; mais que uma destas opções pode
           ser fornecida.

       --window
           Abrir uma nova janela contendo um separador; mais que uma destas opções pode ser
           indicada.

   Opções de Separadores
       -x, --execute
           Executa o resto da linha de comandos dentro do terminal

       -e, --command=comando
           Executar comando dentro do terminal

       --working-directory=directório
           Definir directório como o directório de trabalho para o terminal

       -T, --title=título
           Definir título como título inicial da janela de terminal

       -H, --hold
           Manter o terminal activo depois do comando filho terminar

   Opções de Janelas
       --display=mostrar
           Ecrã X a usar na última janela especificada

       --geometry=geometria
           Define a geometria da última janela especificada a geometria. Leia X(7) para mais
           informações sobre a especificação da geometria das janelas.

       --role=regra
           Define a regra da última janela especificada para regra. Aplica-se apenas a uma janela
           e pode ser especificada uma vez para cada janela que criar na linha de comandos. Usado
           principalmente para a gestão da sessão dentro do Terminal.

       --startup-id=texto
           Define o id de notificação de inicialização para a última janela especificada. Usada
           internamente para seguir o mesmo id ao usar o serviço D-BUS.

       -I, --icon=ícone
           Definir o ícone do terminal como um ícone ou o nome do ficheiro.

       --fullscreen
           Define a última janela especificada para o modo ecrã inteiro; aplica-se apenas para
           uma janela; pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de
           comandos.

       --maximize
           Coloca a última janela especificada no modo maximizado; aplica-se apenas a uma janela;
           pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de comandos.

       --show-menubar
           Liga a barra de menu para a última janela especificada. Pode ser especificado uma vez
           para cada janela criada na linha de comandos.

       --hide-menubar
           Desliga a barra de menu para a última janela especificada. Pode ser especificado uma
           vez para cada janela criada na linha de comandos.

       --show-borders
           Liga as decorações das janelas para a última janela especificada. Aplica-se apenas a
           uma janela. Pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de
           comandos.

       --hide-borders
           Desliga as decorações de janelas para a última janela especificada. Aplica-se apenas a
           uma janela. Pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de
           comandos.

       --show-toolbars
           Liga a barra de ferramentas para a última janela especificada. Aplica-se apenas a uma
           janela. Pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de comandos.

       --hide-toolbars
           Desliga a barra de ferramentas para a última janela especificada. Aplica-se apenas a
           uma janela. Pode ser especificado uma vez para cada janela criada na linha de
           comandos.

EXEMPLOS

       Terminal --geometry 80x40 --command mutt --tab --command mc
           Abre uma nova janela de terminal com uma geometria de 80 colunas, 40 linhas e 2
           separadores, na qual a primeira executa o comando mutt e o segundo executa o comando
           mc.

AMBIENTE

       Terminal usa a Especificação Basedir como definida em Freedesktop.org[1] para localizar os
       seus ficheiros de dados e configuração. Isto significa que as localizações de ficheiros
       serão especificadas como caminhos relacionados com os directórios descritos na
       especificação.

       ${XDG_CONFIG_HOME}
           O primeiro directório para procurar os ficheiros de configuração. Por omissão, está
           definido para ~/.config/.

       ${XDG_CONFIG_DIRS}
           Uma lista separada por dois pontos de directórios base contendo os dados da
           configuração. Por omissão, a aplicação irá procurar em ${sysconfdir}/xdg/. O valor de
           ${sysconfdir} depende do modo como o programa foi compilado e costuma ser /etc/ para
           pacotes binários.

       ${XDG_DATA_HOME}
           A raiz de todo os ficheiros de dados específicos do utilizador. Por omissão, é
           ~/.local/share/.

       ${XDG_DATA_DIRS}
           Uma lista de directórios base ordenados de preferências onde os ficheiros de dados
           devem ser procurados em adição ao directório ${XDG_DATA_HOME}. Estes directórios devem
           ser separados com dois pontos.

FICHEIROS

       ${XDG_CONFIG_DIRS}/Terminal/terminalrc
           Esta é a localização do ficheiro de configuração que inclui as preferências que
           controlam a aparência e comportamento do Terminal.

       ${XDG_DATA_DIRS}/Terminal/Terminal-toolbars.ui
           Este ficheiro inclui a definição da interface de utilizador para a barra de
           ferramentas. Se personalizar a barra de ferramentas usando o editor gráfico de barra
           de ferramentas, o Terminal irá armazenar a nova disposição das barra de ferramentas no
           ficheiro ${XDG_DATA_HOME}/Terminal/Terminal-toolbars.ui.

VEJA TAMBéM

       bash(1), X(7)

AUTHORS

       Nick Schermer <nick@xfce.org>
           Programador

       Benedikt Meurer <benny@xfce.org>
       Programador de software, os-cillation, Desenvolvimento do sistema,
           Programador

NOTES

        1. Freedesktop.org
           http://freedesktop.org/